Home

Progresso com base na tradição - dos caldeireiros para uma empresa global

Enquanto o operador de máquinas utiliza um dispositivo de elevação hidráulica para colocar a chapa de aço na prensa de 2 metros, o operador de soldagem já está programando os parâmetros para a junta subsequente – corrente elétrica, tensão, comprimento do arco, etc. Diante desse quadro, é difícil imaginar como os nossos antepassados trabalhavam há 60 ou mesmo há 200 anos, quando eles fabricavam caldeiras de cobre para cervejarias. Muita coisa mudou desde então: técnicas artesanais têm evoluído para tecnologias computadorizadas e máquinas simples para verdadeiros gigantes. Mas o que ficou, é insubstituível: o conhecimento dos funcionários e os valores tradicionais são o que tornam o progresso da BUTTING possível. Em 1777 os primeiros caldeireiros foram admitidos na BUTTING. Uma habilidade artesanal que exige muita: força, perseverança, confiabilidade, coragem ... E estes são exatamente os mesmos valores que hoje, mantêm viva a nossa tradição e fazem a BUTTING crescer.